Curiosidades

As cervejas com maior teor alcoólico do mundo

Os escoceses da cervejaria Brewmeister não são nada moderados: em 2013, começaram a fabricar a Snake Venom, com teor alcoólico de 67,5%. Na embalagem, há uma tag amarela que orienta: "esta cerveja é forte, não exceda 35ml por dose". Mas mesmo assim, eles levaram medalha de prata no quesito teor alcoólico: no topo da lista está a Koelschip Mystery of Beer, da holandesa Brouwerij ‘t Koelschip, com 70%. Na receita, muito lúpulo e álcool. O líquido é congelado e a parte com maior concentração de álcool é selecionada e adicionada mais álcool, posteriormente.

As cervejas mais vendidas do mundo

Segundo ranking do Euromonitor, a chinesa Snow é a marca de cerveja mais vendida no mundo, com market share global de 5,4%. É uma Lager, com 4% de teor alcoólico. Como o ranking considera números absolutos, a China domina a lista. O segundo lugar também é de uma chinesa: Tsingtao.

Bar com maior carta de cervejas do mundo

Em Bruxelas, na Bélgica, fica o Deliruim Café, bar da cerveja super famosa, do elefante rosa, que oferece 3162 rótulos diferentes. Desde 2004, o lugar está até no Guinness Book como a maior variedade de cervejas do mundo. São três andares, muitas placas nas paredes, bandejas decorativas no teto e muita gente no balcão.

A cervejaria mais antiga do mundo

A Weihenstephan é considera a cervejaria mais antiga do mundo. Localizada na Bavária, Alemanha, foi fundada por monges beneditinos em 1040 e há registros de que fabrica desde 800. Em funcionanmento até hoje, o mosteiro fica no alto da colina Weihenstephan.

As mulheres foram as primeiras cervejeiras do mundo

Durante muitos, na Suméria e Babilônia, a tarefa de fabricar cerveja cabia às mulheres. A atividade estava relacionada à esfera considerada doméstica. Mas muito mais do que isso, a produção da cerveja também era envolta em um clima mágico, já que ainda era um mistério a forma como se dava o processo de fermentação. Por isso, as mulheres ganhavam um status de divindade. 

A cerveja mais cara do mundo

Rara e cara: assim é a cerveja australiana Antarctic Nail Ale, da cervejaria Nail Brewing, que tem o título de cerveja mais cara do mundo. Foram produzidas apenas 30 unidades da bebida, que tem 90% de sua água vinda de icebergs do oceano antártico. A garrafa de 500ml saiu por R$4.241.  O valor de suas vendas foi destinado para a preservação das baleias da Antártida.